Mary Olivetti
DJ & Creative Music Head
Rio de Janeiro. São Paulo. Brasil.
  • White SoundCloud Icon
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
ouça ITALY SUMMER 2018 
cover.png

 

dancefloor

Virginiana nascida no 7 de setembro de 1983, Mary Lin cresceu com sua rotina acentuada por muita música. Afilhada de ninguém menos que Tim Maia, a descendente da musical família Olivetti na infância já cantava, mas foi na adolescência que descobriu sua verdadeira paixão e se jogou nos discos. Ter este sobrenome não foi lá um peso para a DJ, filha de Claudia Olivetti, cantora e compositora, e de Lincoln Olivetti, maestro e arranjador. A moça soube fazer jus a todo este groove genético e hoje mostra a que veio quando sobe ao palco. Somando 17 anos como DJ, Mary se vê em plena maturidade profissional. Apontada pela imprensa como uma das mais expressivas profissionais em sua especialidade, é habitué em cabines de big-rooms, festivais de sucesso e happenings hi-lo de importantes marcas de moda.

 

fashion &

music branding content

A DJ é formada em branding musical por profissão, desenhando trilhas sonoras para dezenas de marcas de moda, gastronomia, beleza e hotelaria. Mary ocupa hoje o cargo de Diretora de Criação & Núcleo de Moda na Radio Ibiza, empresa ás em Identidade Musical e líder no mercado nacional. A ambiência exclusiva de grifes como FARM, Reserva, Animale, Alessa, Cantão, Ateen, Eva, Adriana Degreas, Galeria Melissa, Celso Kamura, Isolda, Imaginarium, M.Officer, Santa lolla, Cia Marítima, Salinas, A.Brand e Vix fica por sua conta. Mary também é uma das cabeças musicais por trás dos textos que vão pro ar no site da Vogue Brasil, interpretando jornalisticamente todas as trilhas dos desfiles de fashion-weeks brasileiras, e também assinado a curadoria do Spotify da revista. Durante o dia, seu talento ganha prestígio em coquetéis de moda, uma outra face de seu trabalho. Diesel, Emporio Armani, Vogue, GQ, Jo Malone, Sephora, Zara, C&A, Ana Capri, Shoulder, Francesca Romana Diana, Loungerie, Filhas de Gaia, Coca-Cola Clothing, Mary Zaide, Maria Bonita Extra e Via Mia contabilizam algumas de suas parcerias. Na divisão corporativa pode-se citar a Wolkswagen, RJZ Cirella, Gafisa, Shopping Leblon, L’Oreal, Casa Cor e Motorola.

 

contact

maryolivetti@gmail.com

skype: maryolivetti

A DJ traz uma coleção musical inteligente e bem elaborada, deixando suas influências 100% negras nítidas através de fortes linhas de baixo, vocais, pianos e emocionadas harmonias — é o que ela chama do crème-de-la-crème da House Music unido ao Deep House, Soulful House, Nu Disco e NYC Underground Music.

 

Mary foi residente Defected In The House (maior selo de House Music do mundo), Privilège Brasil e Nuth Lounge. Figurou por 5 anos consecutivos o reduzido grupo de DJs oficiais para aberturas de shows de David Guetta e usa e abusa desta sua notória segurança nos decks para abrir tours de astros como Solomun, Masters At Work, Hercules & Love Affair, Erick Morillo, Robin Schulz, Nicky Romero, Bob Sinclair, Axwell, Steve Angello, Calvin Harris, Tiesto, Tocadisco, Mark Knight, Roger Sanchez, Funkagenda, Gui Boratto, Chris Lake, Armin Van Buuren, Sharam, Richard Grey e o label HedKandi, entre outros. O 3º lugar entre as female-DJs no chart da brasileira ElectroMAG é dela, além de ter sido premiada como a Melhor DJ Mulher de House Music do Brasil pela Revista DJ Sound por dois anos consecutivos.

 

"Mary Olivetti desbancou grandes ídolos mundiais" — BandNews. "Pela 1º vez a pista eletrônica lota, público ouvia a DJ Mary Olivetti" — Jornal O Globo. Foram com estas manchetes que grandes veículos de comunicação noticiaram seu show no maior festival do planeta: o Rock in Rio (2011). Aos palcos do mesmo festival ela retornou em 2015, fazendo uma carinhosa homenagem ao seu falecido pai com banda formada em parceria com Kassin, Donatinho e banda. E ela vai além: também imprime seu nome há cinco verões consecutivos em outro evento de peso no calendário nacional, o Brasil Music Conference, seja como palestrante ou DJ.

 

Sua carreira internacional se consolida com memoráveis apresentações. Destacam-se a Avalon (Hollywood, LA), Avalon (Singapura), Pacha (Buenos Aires, AR), El Divino (Ibiza, ES), Broad Bar (Barcelona, ES) e a United Music Party em plena Winter Music Conference (Miami, US), maior meeting da EDM mundial. Tratando-se de Brasil, Mary não desfaz suas malas! Está presente em festivais, weekends e em grandes e pequenos clubes, sejam eles em metrópole ou interior.

 

 

 

dial

Sua trajetória em rádios FM começa pela Jovem Pan carioca (Ritmo da Noite), onde apresentou-se semanalmente por três anos. Em sequencia, ganhou destaque na Mix (Festa Mix) durante dois anos, e por fim, integrou o time da Oi FM, dial inovador e livre, onde se apresentou por dois anos em seu programa Na Pista ao vivo e semanalmente para 8 estados do Brasil.

 

 

intro